14 de julho de 2013

Foto: Divulgação

Tem gente que foi da equipe de Gugu Liberato comemorando o fato de "O Melhor do Brasil" não ir bem no ibope. O programa de Rodrigo Faro vem perdendo audiência desde que estreou no domingo. Começou com pouco mais de 10 pontos e chegou a 6 no último final de semana (cada ponto equivale a 62 mil domicílios). Neste domingo, Eliana estará ao vivo no palco de sua atração para divulgar "Chiquititas", que estreia no dia 15. Nas duas emissoras comenta-se o seguinte: será um massacre.

Vale lembrar que a audiência do "Melhor do Brasil" aos sábados também já não era a bolachinha mais recheada do pacote, mas a atração tinha seu glamour. Já Gugu vinha perdendo há meses para Eliana, só teve uma ligeira melhora com a história do tal anão. Havia uma corrente na emissora que defendia que o estilo do loiro (além do próprio) havia envelhecido demais. Pois bem. Colocaram um apresentador mais novo em seu lugar com um estilo diferente e a audiência continua ruim. Então, pessoas ligadas ao loiro dizem que problema não era com o Gugu e sim com a emissora. Será?

Rodrigo Faro voltará de férias no dia 22. A chance de seu programa ir ao ar ao vivo pouco tempo depois de seu retorno é grande. Já se fala até em um relançamento da atração. Se vai resolver o problema da audiência, é outra história. Mas que vai dar um fôlego, ah, isso vai...



Rodrigo Faro continua à espera de um programa novo

Flávio Ricco

Flávio Ricco

Veja as danças de Rodrigo Faro em "O Melhor do Brasil" 26 fotos


Em "O Melhor do Brasil" deste domingo (14), Rodrigo Faro recebe os amigos Celso Zucatelli, MC Koringa, Théo Becker e Raul Gazolla para uma missão especial: reviver, no palco, alguns dos maiores sucessos dos Mamonas Assassinas. A cada beijo que rolar no "Vai Dar Namoro", Faro e companhia vão ter de fazer uma performance do grupo. O programa vai ao ar às 15h30 Edu Moraes e Antônio Chahestian/Record

A mudança do "Melhor do Brasil", do sábado para o domingo, sem nenhum planejamento e apenas para cobrir o buraco da saída do Gugu, deu no que deu.

Sem nenhuma condição de disputa, está apanhando feio da Globo, SBT e Bandeirantes, em alguns momentos. Algo tão trágico, quanto previsível.

Rodrigo Faro tinha um programa para os sábados, que bem ou mal, sempre assegurou a vice-liderança de audiência, facilitado até pela falta de maior concorrência no horário. Se alguma culpa ou responsabilidade cabe a ele, Faro, foi a de concordar com uma mudança nessas condições e de tamanha irresponsabilidade, sem qualquer condição de fazer frente a ninguém.

Continuar desse jeito não dá.

O que resta é sair em busca de saída honrosa, que não deve ser outra, senão inventar um programa novo, pelo menos em condições mais razoáveis de disputa. Ao vivo ou gravado, nesta altura, é o que menos importa.

9 de julho de 2013

Mais um domingo, mais uma batalha pela audiência mais selvagem da TV
brasileira, que já foi disputada por nomes como Silvio Santos, Gugu
Liberato e Faustão. Mas, hoje em dia, o grande confronto se dá entre
Eliana, pelo SBT, e Rodrigo Faro, pela Record. E, por enquanto, a
loura vem conseguindo manter a hegemonia de vitórias no embate.

Mesmo com a estreia do novo quadro 'Se o fã sonha, o Faro faz', 'O
Melhor do Brasil' foi derrotado pelo 'Programa Eliana' no confronto
direto (entre 15h20 e 19h), com um placar de 5,3 pontos de média no
Ibope para a atração da Record contra 7,2 para a do SBT. No mesmo
horário, a Globo liderou com média de 13,5 pontos, segundo dados do
Ibope referentes à Grande São Paulo.

Sendo assim, Faro mantém a mesma toada que Gugu vinha apresentando na
luta pela vice-liderança das tardes de domingo, hoje consolidada nas
mãos de Eliana. Para festa do 'patrão', claro.

Rodrigo Faro curte a piscina ao lado das três filhas Reprodução/Instagram

Curtindo férias, Rodrigo Faro apareceu em foto na piscina ao lado das três filhas Helena, Maria e Clara, nesta segunda-feira (8). A mulher do apresentador, Vera Viel, foi quem postou a imagem nas redes sociais.

As garotinhas estavam usando maiôs com a mesma estampa.

Atualmente, Faro está com a família em Miami, nos Estados Unidos.


7 de julho de 2013

Rodrigo Faro, 39, tem uma nova estratégia, que inclui duas dançarinas, para conquistar o segundo lugar na audiência aos domingos.

Gaby Fontenelle e Lidia Barbieri terão a missão de alavancar o "Melhor do Brasil" no ibope e ultrapassar o "Programa da Eliana, que atualmente é a vice-líder de audiência.

A informação é da coluna Olá, assinada pela jornalista Vivian Masutti e publicada pelo jornal "Agora" neste domingo (7).


Reprodução/Facebook
Gaby Fontenelle e Lidia Barbieri

1 de julho de 2013

Rodrigo Faro assume as tardes de domingo com 'O Melhor do Brasil' e garante a vice-liderança do horário  Foto: Divulgação

Desde que decidiu investir na carreira de apresentador, Rodrigo Faro tem contado com a sorte a seu favor. Contratado em 2008 para substituir o ator Márcio Garcia no comando de O Melhor do Brasil, aos sábados, ele assumiu, aos poucos, um papel coringa na grade de programação da Record. Com um grande carisma e um forte apelo publicitário, Faro conseguiu conquistar seu espaço na emissora. Em apenas cinco anos de casa, ele  foi escalado para apresentar mais dois programas: os "reality shows" Ídolos e Fazenda de Verão. E, recentemente, assumiu um dos horários mais cobiçados dos canais abertos: as tardes de domingo.

Embora sua recente ascensão só tenha sido possível por causa da inesperada quebra de contrato entre Gugu Liberato e a Record, que deixou a emissora sem muitas opções para preencher o buraco, Rodrigo já era um nome cogitado para assumir o tão desejado dia de domingo em um futuro mais distante. E, mesmo na base do imprevisto, ele demonstrou estar à altura da nova empreitada. Já na primeira semana, conseguiu assumir a vice-liderança da audiência, com uma média de 7,6 pontos. Mais do que seu antecessor vinha marcando no mesmo horário. 

Apesar da mudança de horário, O Melhor do Brasil não sofreu nenhuma modificação em sua estrutura. O programa de auditório continua sendo uma colcha de retalhos com inúmeros quadros – de namoro, transformações estéticas e pegadinhas com câmaras escondidas – exibidos sem uma linearidade. Geralmente, sendo interrompidos por "merchandisings" ou devaneios do próprio apresentador e seus ajudantes de palco. O que acaba prejudicando a compreensão da produção como um todo. 

Entretanto, os pontos negativos do programa são compensados pela apresentação entusiasmada de Faro. Com uma linguagem extremamente popular e uma facilidade de falar diretamente com o público com a naturalidade de quem conversa com um conhecido, ele consegue capturar a atenção de quem o assiste. Além disso, preenche os vazios da produção, que não são poucos, com improvisos bem-humorados. Considerado uma aposta que deu certo, Faro é, de fato, o ingrediente principal do sucesso do confuso O Melhor do Brasil.