25 de abril de 2010

Rodrigo Faro acompanha audição do Ídolos em SP

| | Bla bla bla






Daia Oliver/R7

Foi a persistência e o sonho que fizeram o baiano Adriano Andrade sair de Salvador e se misturar aos milhares de jovens na audição de São Paulo do Ídolos (Record), na manhã deste sábado (24).

Em conversa com o R7, ele conta que é a segunda vez que se inscreve e, desta vez, afirma que vai "chegar lá".

- No ano passado, eu comecei a cantar e esqueci a letra. Eu me lembro que Paula Lima me disse que aquele não era meu dia. Saí chateado, mas sou brasileiro e brasileiro não desiste nunca, e baiano então, jamais [risos].

Andrade, de 27 anos, comemora que neste ano a idade máxima para participar do reality subiu de 26 para 28 anos. Emocionado, ele contou à reportagem que hoje em dia consegue se sustentar com sua música.

- Eu era menino de rua e vendia amendoim e frutas e, já desde pequeno, cantava. As pessoas viam que eu ralava muito e, por isso, me ajudaram. Hoje, eu canto em bares, faço shows e devo muito aos meus amigos. Para vir para São Paulo, foram eles que fizeram uma vaquinha e compraram a passagem.

Além do baiano, a audição de São Paulo está cheia de goianos, gaúchos, paranaenses e gente de muitos lugares do Brasil. Ao R7, o apresentador do Ídolos, Rodrigo Faro, afirma que é essa "miscelânea cultural" que diferencia a cidade de outros Estados onde o programa já fez audições em 2010.

- Aqui tem gente de todos os tipos, estilos, sons. Aqui é o lugar aonde vem gente do Brasil todo.

Rodrigo contou ao R7 que acordou às seis da manhã neste sábado e, desde cedo, fez questão de acompanhar a chegada do público ao sambódromo do Anhembi.

- Eu ando pela fila, consigo ver a expectativa de cada um, olhar no rosto e ver a vontade que eles têm de participar. Estamos conseguindo mostrar que este trabalho que fazemos já revelou muita gente boa.

Jovens acampam na porta do sambódromo

Neste ano, além da idade máxima para participar no reality ter aumentado, os adolescentes a partir de 16 anos também puderam se inscrever. No ano passado, a idade mínima era 18 anos. Rodrigo Faro conta que, apesar de os adolescentes terem pouca experiência de vida, o que "vale é o talento".

O diretor do programa, Wanderley Villa Nova, contou ao R7 que ficou muito "surpreso com a garotada" e que muitos deles foram aprovados. E a diretora artística da atração, Fernanda Telles, explicou que eles vão "rejuvenescer" o programa.

- Eles têm tempo de estudar, estudar música e se dedicar mesmo. É nessa idade que eles formam as bandas e dão força total nisso. Nós queremos que alguns deles sejam finalistas. Sabemos das dificuldades, alguns são mimados [risos], mas estamos preparados para isso.

Fernanda ainda contou que neste ano, além dos três jurados (Paula Lima, Calainho e Marco Camargo) que participam das audições nos diferentes Estados, eles trouxeram convidados especiais.

- Em Fortaleza levamos o Reginaldo Rossi, em Florianópolis quem participou foi Luiza Possi e no Rio o Marcelo D2. Em São Paulo ainda não pode revelar, é segredo.

O ganhador do Ídolos 2009 e o cantor Edson, da ex-dupla Edson e Hudson, cantaram para os participantes desta audição.

Fonte: R7

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e participe do blog.