19 de dezembro de 2009

Rodrigo Faro: ‘Fiquei bonito depois que fiz TV'

| | Bla bla bla







Arquivo

 

 

Rodrigo Faro diz que tem que ser muito macho para se vestir de mulher na TV. O apresentador de "O melhor do Brasil" conta também que já deu autógrafo até em velório. Confira! 

—Que tipo de gracinha você escuta por aparecer vestido de mulher no "Vai dar namoro"? 

— Que tem que ser muito macho para colocar um maiô e ainda aparecer dançando na televisão. Quando imitei a Beyoncé, meus amigos me deram os parabéns e disseram que nunca teriam coragem de fazer aquilo.

—Você é do tipo de convidado que sai da festa infantil com um pratinho de bolo e docinhos, ou acha a atitude "uó"?

— Sou comilão. Sempre faço isso. Geralmente, nem peço. Escondo na bolsa das minhas filhas. 

—Você já dormiu sem tomar banho?

—Já! Ontem mesmo. Cheguei da gravação tarde, eram 2h da manhã.

— Qual o lugar mais estranho em que já lhe pediram um autógrafo?

— No velório de um diretor da Globo. A menina me viu, deu um berro e pediu um autógrafo.

— O que você deixou de fazer depois que virou pai porque era um mau exemplo para as crianças?

— Sempre comi muita porcaria. Bala, doce... Tive que dar uma segurada. 

— Você era nerd ou pegador na adolescência?

— Nerd. Na verdade, fiquei bonito depois que fiz TV (risos). Comecei a apresentar um programa aos 13 anos e tudo  mudou. A fama deixa a gente bonito. 

— O que o público não sabe sobre você? 

— Que eu tenho uma claustrofobia punk. Já deixei o carro num túnel porque o trânsito não fluía e começou a me dar desespero.

— Já tirou proveito da fama para furar a fila de banco ou restaurante?

— No início, sim. Em vez de pegar fila no banco, chegava no gerente e falava: "Tenho uma gravação daqui a pouco". Não faço mais.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e participe do blog.